Buscar

É verdade! O Queridinho voltou - Edifício Martinelli!

Atualizado: 26 de Abr de 2019


Depois de um bom tempo fechado, o Edifício Martinelli volta a abrir as portas. Não conhece ainda? Então a chance é agora!

Em 2015 eu e uns amigos, tivemos a oportunidade de conhecer esse lugar lindão, com uma das vistas mais belas de São Paulo, que dá para guardar no fundo do coração. E saber que ele vai voltar cheio de novidades, chega a arrancar suspiro de qualquer um que é louco por arquitetura!


Um resumão da sua história:

O primeiro arranha céu da América Latina, o Edifício Martinelli está localizado no centro de São Paulo entre as ruas São Bento, Av. São João e a Rua Libero Badaró

O Edifício foi projetado pelo seu idealizador, o italiano Giuseppe Martinelli, em 1924 e simbolizou progresso da cidade. Mais de 600 operários trabalharam nas obras. A construção foi iniciada em 1924 e a inauguração aconteceu em 1929, com 20 andares.

Com o passar dos anos, novos pisos complementaram a construção. O objetivo de Martinelli, contudo, era chegar aos 30 andares. A obra gerou muita polêmica, pois até então não havia nenhum prédio em São Paulo com grande altura. Na época, edifícios com mais de 10 andares eram considerados muito altos.

Atualmente, o prédio é um dos principais símbolos arquitetônicos do Brasil, já foi ponto de encontro da alta sociedade paulistana. Por lá já passaram o Cine Rosário, barbearias, lojas, uma igreja e o luxuoso Hotel São Bento.

O famoso prédio no centro de São Paulo, o edifício Martinelli será concedido a iniciativa privada para implantação e manutenção de um observatório. A concessão foi realizada pela Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (SMDU) e a SP Urbanismo. Serão concedidos os andares 25, 26 e 27 do prédio, bem como a loja 11 (térreo), localizada na Avenida São João.

Os visitantes também desfrutarão de um núcleo de recepção, com venda de ingressos e centro de informações turísticas. No antigo serviço, as pessoas aguardavam no próprio calçadão, visto que não existe uma área para esse fim, tampouco bilheteria. Na acessibilidade, ao menos um novo elevador, exclusivo para visita, será ofertado à população. E, por fim, a visitação se tornará mais completa, afinal será possível conhecer os espaços cobertos existentes, incluindo o palacete do Comendador Martinelli.

O próprio serviço de visitação será ampliado, funcionando ininterruptamente, todos os dias da semana, em um horário contínuo mínimo de dez horas por dia. Anteriormente, o espaço era aberto somente de segunda a sexta-feira, das 9h às 11h e das 14h30 às 16h, e de sábado, das 9h às 13h.



Curiosidades:

- A cobertura do Edifício Martinelli possui um terraço do qual se tem uma visão panorâmica da cidade de São Paulo em 360°. O espaço possibilita uma impactante visão da região central, com vistas para Catedral e Praça da Sé, Pátio do Colégio, Largo e Mosteiro de São Bento, Vale do Anhangabaú, Teatro Municipal, Edifício dos Correios, viadutos do Chá e Santa Ifigênia, Edifício Matarazzo, eixos das avenidas São João e Prestes Maia e o Parque D. Pedro II. Ainda é possível visualizar, em escala metropolitana, o espigão da Avenida Paulista, a Serra da Cantareira e as regiões do Brás e da Mooca.


- O terraço, aberto à visitação pública entre 2010 e 2016, já recebeu cerca de 260.000 pessoas, tendo uma média mensal de 7.000 visitantes. Apenas em 2016 foram 85 mil visitantes espontâneos. Além do interesse histórico e turístico, o Edifício também é foco de interesse de produtores para realização de eventos diversos, como festas, filmagens, fotos e comerciais. Entre 2015 e 2017 foram realizadas 33 locações do espaço para essas atividades.

- Um dos pontos turísticos mais interessantes de São Paulo, o Edifício Martinelli é também um arquivo de histórias misteriosas envolvendo personagens de uma metrópole que cresceu aos atropelos. De "point" da elite a cortiço, o prédio foi palco de prostituição, suicídios, tráfico de drogas e assassinatos jamais solucionados. As mortes que o gigante de concreto testemunhou são hoje histórias de fantasma, com direito a portas que se fecham sozinhas e vultos sombrios nos corredores. (Eu hein, credo!)


Local: O edifício tem três entradas. R. Libero Badaró, 504 a 518. Rua São Bento, 397 a 413; Av. São João, 11 a 65; Tel: (11) 3104-2477 Site: www.prediomartinelli.com.br


Por: Caroline Cunha

Fontes e fotos:

Acervo próprio (Caroline Cunha, Outubro de 2015)

https://www.sobrevivaemsaopaulo.com.br/2019/03/edificio-martinelli-em-sao-paulo-tera-observatorio-com-cafe-e-lojas/?fbclid=IwAR3zV1nyUX1KS1irj41HaPFqKR_QUxQY-ck8sq3XAqNcdgdGVSyFdjdxzfs

http://ricardocandello.blogspot.com/2014/02/edificio-martinelli-guarda-misterios-e.html

http://www.capital.sp.gov.br/turista/atracoes/pontos-turisticos/edificio-martinelli




IREMOS AMAR TE ATENDER!

Copyright © 2019 Estudio Arquitete. Por Cerbero Comunicação & Design.